Ir para a Home
Sábado, 25 de Maio de 2024

Censo Populacional desatualizado prejudica Vacinação em Campos Verdes



Censo Populacional desatualizado prejudica Vacinação em Campos Verdes

 

 

 A quantidade de doses de vacina contra a covid-19 que o Ministério da Saúde envia para cada município, através da Secretaria Estadual de Saúde do Governo de Goiás, é definida com base no tamanho da população. Porém, o Ministério baseia-se no Censo Demográfico que o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) realizou pela última vez, em 2010, e muitas cidades tiveram crescimento populacional nestes 11 anos. O censo populacional desatualizado está prejudicando a vacinação na cidade de Campos Verdes. Em 2010, durante o último censo, a população da cidade era de 5.020 habitantes, e de lá pra cá, o IBGE tem realizado apenas projeções, e para o ano de 2021 foi contabilizado que há apenas 1.830 habitantes no município, número este bem aquém da realidade. 

 

Por conta desse descompasso, há uma defasagem entre a quantidade de doses e o tamanho real da necessidade do município. Esta é a constatação a que chegou o prefeito Haroldo Naves, que impetrou uma ação no Tribunal de Justiça de Goiás para buscar a normalização da distribuição de doses na cidade, visando conseguir mais vacinas para agilizar a imunização da população. Para isso, a Prefeitura de Campos Verdes contestou os números das estimativas do IBGE com o novo recadastramento do Cartão SUS, determinado pelo Ministério da Saúde, onde o município tem agora 4.640 cadastros ativos, conforme relatórios da Secretaria de Saúde, lembrando que, menos de 70% da população tem o Cartão SUS. 

 

Outra informação que desqualifica a estimativa populacional do IBGE, são as famílias inseridas no cadastro único do governo federal, dados estes que são atualizados anualmente e atualmente é de 1.555 famílias, conforme certidão do sistema. Para finalizar suas justificativas, o poder executivo destaca também a Estatística do eleitorado feita pelo Tribunal Superior Eleitoral. Consulta feita em março de 2021, consta que o município possui 4.037 eleitores, número este que representa o dobro da população estimada pelo IBGE, que foi de 1.830. Tais dados foram obtidos no site do TSE e estão extremamente atualizados, considerando que foi realizado o recadastramento eleitoral nos anos de 2018 e 2019. 

 

A Cidade cresceu mas o Governo Federal não viu

 

O prefeito de Campos Verdes e Presidente da Federação Goiana de Municípios (FGM), Haroldo Naves, diz que não precisa de grande esforço para perceber que o censo demográfico está desatualizado e que o tamanho do crescimento populacional da cidade desde a realização do último censo do IBGE está muito distante da realidade. Campos Verdes, por exemplo, no último censo tinha 5.020 moradores. Hoje, o cadastro da prefeitura aponta a existência de 2.075 unidades habitacionais, a projeção para esse número de residências é de 6.500 habitantes. Esse número é reforçado ainda pelos dados constantes do Cadastro Único do SUAS, Saneago com 2.500 contas ativas com hidrômetro, Enel com 4.335 contas ativas na zona urbana e rural, número de alunos matriculados, talões de IPTU e até mesmo pelo número de 4.037 eleitores. “Se o governo federal mantiver a distribuição das vacinas pelos dados do IBGE em 2010, não vamos atingir a cobertura vacinal ideal para controlar a pandemia e já estamos sendo muito prejudicados por isso”, destaca Naves.

 

Uma Luz no Fim do Túnel

 

Em uma reunião com o Secretário Estadual de Saúde, Ismael Alexandrino,  realizada no dia 01 de julho em Goiânia que contou com a presença do prefeito Haroldo. O chefe da pasta da saúde estadual garantiu ao prefeito Naves que aumentará as doses encaminhadas para Campos Verdes conforme requisição encaminhada pelo gestor municipal.




NOTÍCIAS RELACIONADAS

POLÍTICA FGM promoveu reunião para debater pauta municipalista e Inteligência Artificial nas Eleições A Federação Goiana de Municípios (FGM) promoveu nesta quarta-feira (15), no auditório da entidade, o seminário “Desvendando o Futuro das Campanhas Eleitorais”, que debateu o uso da Inteligência Artificial e marketing digital para as campanhas de 2024.
POLÍTICA FGM promove seminário sobre o futuro das campanhas eleitorais* A Federação Goiana de Municípios (FGM) promoverá no dia 15 de maio, às 8hs, no auditório da entidade, o seminário “Desvendando o Futuro das Campanhas Eleitorais”, que abordará o uso da Inteligência Artificial e marketing digital nas campanhas eleitorais.
POLÍTICA Em três anos, Crixás recebeu R$ 26 milhões em royalties da Mineração - Comunidade exige transparência ROYALTIES - Na cidade de Crixás, a Mineração AngloGold Ashanti - Serra Grande tem sido uma fonte significativa de receita para a gestão municipal, repassando impressionantes R$ 26 milhões em royalties da mineração nos últimos três anos e cinco meses.
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás