Ir para a Home
Segunda-Feira, 22 de Abril de 2024

Sem FPM e recursos extras para combate a Covid-19, presidente da FGM diz que 2021 será “um ano difícil”



Sem FPM e recursos extras para combate a Covid-19, presidente da FGM diz que 2021 será “um ano difícil”

 

 

Gestor lembra que, em paralelo, arrecadação será ainda menor que a do ano passado. “Precisamos colocar o pé no freio no sentido de evitar novas despesas. Precisamos manter a máquina funcionando com o mínimo possível”, defende


De volta ao comando da Federação Goiana dos Municípios (FGM), o prefeito de Campos Verdes, Haroldo Naves (MDB), conversou com o Jornal Opção sobre o cenário econômico enfrentado pelos municípios em um novo ano de combate a pandemia do coronavírus.

 

Segundo ele, 2021 será um ano de extrema preocupação para todos, haja vista que, no ano passado, os municípios tiveram uma recomposição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), além de alguns recursos extras destinados ao combate a Covid-19.

 

“Esse ano não há nenhuma sinalização de recursos extras para o combate a doença, sem contar que nossa receita será muito menor. A gasolina aumentou, o salário mínimo aumentou, ou seja, precisamos colocar o pé no freio no sentido de evitar novas despesas. Precisamos manter a máquina funcionando com o mínimo possível. O cenário é muito ruim”, argumentou.

Em paralelo, o gestor confirmou que diversos prefeitos goianos já se organizam através de consórcios para compra de vacinas contra a Covid-19, que serão destinadas a população local.

 

“Além dos já existentes, vários consórcios estão em fase de construção”. Campos Verdes, especificamente, já aderiu a um consórcio de U$ 150 mil para aquisição da vacina Sputnik V. “Estamos só aguardando o parecer jurídico. Mas tudo será feito sob o compromisso do governo de não confiscar a vacina. Se parte do medicamento for para o Plano Nacional de Imunização (PNI), ai não vamos comprar”.

O prefeito justifica a afirmação lembrando que, para a compra do medicamento, deverá contrair um empréstimo equivalente a 20% da receita do município. E, por isso, defender que as doses sejam distribuídas integralmente às comunidades locais.

 

Fonte: Jornal Opção 

Foto: Divulgação 




NOTÍCIAS RELACIONADAS

SAÚDE Prefeita Karla Cristina Reinaugura PSF I no Setor São Paulo SAÚDE- Em um evento marcante a saúde da comunidade, a Prefeita Karla Cristina entregou mais um benefício crucial para Santa Terezinha.
SAÚDE Revolução na Saúde: Allegra Centro de Desenvolvimento Integrado Chega para Transformar Crixás SAÚDE - Uma revolução está prestes a tomar conta da saúde em Crixás com a chegada da Clínica Allegra! Este novo centro de cuidados, que em breve abrirá suas portas, promete reinventar a forma como a comunidade acessa e vivencia os serviços de saúde, e des
SAÚDE Sec. de Saúde de Santa Terezinha realiza Workshop sobre Saúde Mental na Atenção Primária em Saúde ECENTO - A Prefeitura de Santa Terezinha de Goiás, através da Secretaria Municipal de Saúde, sediou um Workshop voltado a todos os profissionais de saúde nos dias 11 e 12 de agosto,
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás