Ir para a Home
Segunda-Feira, 22 de Abril de 2024

Maioria esmagadora de prefeitos quer a reeleição de Ronaldo Caiado



Maioria esmagadora de prefeitos quer a reeleição de Ronaldo Caiado

 

 

Tendência de união para que governador dispute reeleição aumenta dentre gestores; 200 de 246, de partidos variados, já sinalizaram querer novo mandato para democrata

 

O governador Ronaldo Caiado (DEM) caminha para uma tendência de reeleição confortável em 2022. Os principais atributos da atual gestão são o desempenho durante a pandemia, a organização das finanças públicas herdadas em frangalhos, o forte combate de corrupção [em três anos de mandato, nenhum escândalo envolve diretamente o governador ou gestores próximos] e o recall de votos que teve nas urnas em 2018 o governador foi eleito no primeiro turno, com 60% dos votos.

 

Existe ainda um plus: Caiado é um político de estatura nacional, reconhecido e respeitado por suas posições claríssimas. Mas um quarto atributo pode ser determinante: esmagadora rede de apoios dos prefeitos de Goiás. Jamais o Estado teve inclinação tão explícita de orientação para apoiar uma candidatura majoritária.

 

Articuladores políticos apontam que Caiado já teria pelo menos 200 dos 246 prefeitos ao seu lado para o enfrentamento do próximo ano. A menos de um ano para o início do período eleitoral, observa-se tendência

de amplo domínio: o bunker de Ronaldo estaria distribuído nas regiões mais importantes Entorno do Distrito Federal, Sudoeste, Norte e região central.

 

Prefeito Haroldo Naves, presidente da Federação Goiana dos Municípios (FGM), é um dos entusiastas do diálogo dos prefeitos com o governador. Naves admira Caiado desde quando ele atuou como parlamentar tanto na Câmara Federal quanto no Senado.

 

Durante a campanha de 2018, os adversários do PSDB tentaram imputar à imagem de Caiado uma pergunta capciosa e uma resposta maldosa: “O que Caiado fez por Goiás e municípios? Nada!”.

 

Haroldo Naves diz que existe uma aproximação natural com Caiado e sempre desmentiu a pergunta dos adversários: “Caiado sempre contribuiu com as cidades através de emendas parlamentares”.

 

Prefeito de Campos Verdes, Haroldo Naves integra outro grupo dos gestores municipais do MDB que prega a união com o democrata. Dos 28 prefeitos do MDB, apenas um, que é pré-candidato, optou em não declarar apoio a um segundo mandato para Caiado.

 

Ronaldo Caiado: parceria na gestão e convergência na atividade política Caiado faz parcerias

 

Em 2003, por exemplo, a partir do forte assédio da gestão tucana, o PFL, hoje Democratas, perdeu 32 prefeitos em Goiás. Da noite para o dia, o partido de Caiado desidratou completamente. Este teria sido um dos motivos para o afasta mento gradual dele do grupo político que antes frequentava. 

 

Após a experiência, Caiado disse que jamais exerceria qual- quer pressão em prefeitos. E, uma vez no governo, atenderia todos da mesma forma.

 

Na gestão anterior a de Caiado, vários prefeitos teriam sido castigados. O Governo de Goiás atrasou o repasse de verbas para o transporte escolar por doze meses e a contrapartida da Saúde chegou a atrasar por 13 meses fatos relatados em documentos e reportagens da imprensa.

 

“Com o atual governador, os pagamentos são feitos rigorosamente em dia. Quando o governador lança uma obra no município, o dinheiro tá na conta. Então, o respeito, a credibilidade que tem Ronaldo Caiado faz com que os prefeitos procurem essas parcerias com o Governo do Estado”, diz Naves.

 

  Dentre os apoios conquistados por Ronaldo Caiado, os de maior destaque continuam em Rio Verde, Anápolis, vários municípios do Entorno do Distrito Federal e o avanço cada vez mais presente na região metropolitana.

 

Carlão da Fox, prefeito de Goianira e presidente da Associação Goiana dos Municípios (AGM), é um dos articuladores do grande escudo municipalista que será estendido sob Caiado. Ele diz que Ronaldo é republicano e entende os problemas das cidades, justamente por ter diálogo franco com os municípios.

 

A maioria dos prefeitos entendeu que o jogo com o governador precisa ser o mais claro possível, justamente para evitar parcerias desagradáveis como o programa “Goiás na Frente”, que desperdiçou o dinheiro da venda da Celg (a maior empresa pública de Goiás) e não deixou marcas nos municípios.

 

Carlão convence outros gestores por mostrar que Caiado é solidário aos municípios (a proposta das policlínicas seria um exemplo) e franco. O gigantesco grupo que apoia o atual gestor man- teve os poucos que percorreram Goiás ao seu lado (caso do prefeito Adib Elias, de Catalão, Paulo do Vales, em Rio Verde, e dos prefeitos apoiados por Renato de Castro, em Goianésia, e Ernesto Roller, em Formosa), mas também novos gestores como Diego Sorgatto (Luziânia), Roberto Naves (Anápolis), Fernando Pellozo (Senador Canedo), dentre vários.




NOTÍCIAS RELACIONADAS

POLÍTICA Vereadores de Alto Horizonte solicitam por Entrega Imediata de Casas Populares do Programa Morar com Dignidade Os vereadores de Alto Horizonte estão empenhados em garantir a entrega rápida das casas populares construídas pelo Programa Morar com Dignidade da prefeitura. Em uma reunião realizada na última quinta-feira (18/04)
POLÍTICA Prefeitura de Santa Terezinha Fortalece Agricultura Familiar com Entrega de Tratores e Sementes BENEFICIO - Ontem (15), a Prefeitura de Santa Terezinha realizou uma importante ação em prol dos pequenos produtores rurais do município.
POLÍTICA Geneir Patriota Apresenta Aurissandra Gomes como Pré-Candidata a Vereadora em Bonópolis Em um movimento estratégico para consolidar sua base eleitoral, o pré-candidato a prefeito de Bonópolis, Geneir Patriota, anunciou neste domingo (14/04) a ex-primeira dama Aurissandra Gomes
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás