Ir para a Home
Segunda-Feira, 22 de Abril de 2024

Após 8 anos de atividade, UEG de Crixás pode fechar as portas



Após 8 anos de atividade, UEG de Crixás pode fechar as portas

 

 

A informação de que o campus Crixás da Universidade Estadual de Goiás (UEG) poderá ser desativada, após 8 anos de sua criação pelo governo de Goiás, vem causando apreensão entre alunos, professores e políticos locais. Está previsto que as turmas dos cursos de Redes de Computadores e Pedagogia, que se encerrem o ano que vem, serão os últimas da UEG/Crixás.

 

A medida poderá ser tomada dentro do plano de reestruturação da instituição. Isso é o que garante o projeto de lei nº 7354/19, aprovado em meados de dezembro de 2019 pela Assembleia Legislativa de Goiás. A lei se tornará realidade a partir da implantação das mudanças, que envolvem, sobretudo a diminuição do tamanho da instituição.

 

Segundo o vereador de Crixás, Fernando Antônio do Santos (MDB), que está a frente de um movimento para o não fechamento do Campus local, uma serie de medidas e de apelos vem sendo tomados para que a UEG/Crixás nao feche suas portas. Ainda segundo ele, toda classe académica e política da região estão engajada na luta, já que a referida instituição atende outras cidade circunvizinhas:

 

“Estamos desde fevereiro buscando uma solução para o problema da UEG/Crixás. Já fizemos uma audiência pública com a presença do prefeito e vereadores na Câmara municipal para tratar do assunto. Vamos mobilizar a população para reverter um possível fechamento do campus da UEG em Crixás. Via ofício, também já solicitamos entidades de classe, empresas, instituições e prefeitos das cidades da região para que se engajem nessa luta conosco. Para esse mês, conseguimos uma audiência com o vice-governador, Linconl Tejota, na vice governadoria do estado para discutimos uma solução para UEG/Crixás. Aliado a disso, estamos coletando assinaturas num abaixo-assinado eletrônico, cujo qual buscará fazer mais pressão frente as autoridades pela permanência da UEG/Crixás”, declarou o vereador Fernando da Igreja - como é conhecido. 

 

A UEG de Crixás, após funcionar precariamente no primeiro momento no espaço do colégio Adalberta Francisca dos Santos, foi transferida para um moderno prédio na rua 2009, Setor Novo Horizonte, no ano de 2014. O atual prédio te arquitetura arrojada possui 18 salas de aulas; biblioteca; sala de informática; sanitários; cozinha; sala de professores; diretoria; e demais dependências administrativas. Distribuído em dois andares e dois blocos com vão central e espaço de convivência, o espaço da UEG em Crixás possui 2,8 mil metros quadrados de área construída em terreno de 10 mil metros quadrados

 

A instituição em Crixás tem como público-alvo estudantes da região norte do Estado. Atualmente recebe acadêmicos vindos de mais de 5 municípios, tais como: Santa Terezinha de Goiás, Campos Verdes, Uirapuru, Mundo Novo e Nova Crixás.

 

 

 




NOTÍCIAS RELACIONADAS

POLÍTICA Dr. Rogério disparado na frente para Prefeito de Campos Verdes com 63,2% das Intenções de Voto Dr. Rogério disparado na frente para Prefeito de Campos Verdes com 63,2% das Intenções de Voto
POLÍTICA Vereadores de Alto Horizonte solicitam por Entrega Imediata de Casas Populares do Programa Morar com Dignidade Os vereadores de Alto Horizonte estão empenhados em garantir a entrega rápida das casas populares construídas pelo Programa Morar com Dignidade da prefeitura. Em uma reunião realizada na última quinta-feira (18/04)
POLÍTICA Prefeitura de Santa Terezinha Fortalece Agricultura Familiar com Entrega de Tratores e Sementes BENEFICIO - Ontem (15), a Prefeitura de Santa Terezinha realizou uma importante ação em prol dos pequenos produtores rurais do município.
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás