Ir para a Home
Quarta-Feira, 17 de Agosto de 2022

Diretor Administrativo da Codego, Cacai Toledo, e ex-prefeito de Campinaçu, Nenzão, são presos em Operação da Polícia Civil de Goiás



Diretor Administrativo da Codego, Cacai Toledo, e ex-prefeito de Campinaçu, Nenzão, são presos em Operação da Polícia Civil de Goiás

O diretor-administrativo da Codego e presidente do diretório do DEM em Anápolis, Carlos César Savastano de Toledo, conhecido como Cacai Toledo, foi preso às 12h nesta quarta-feira, 15, pela Polícia Civil (PC), em Anápolis. O mandado de prisão foi expedido pela juíza Placidina Pires em processo sigiloso de operação da PC que investiga crimes contra a administração pública, corrupção passiva e ativa, fraude em licitações e lavagem de capitais.



Também foram presos Willinton Fernandes Rodrigues, o Nenzão, ex-prefeito de Campinaçu, e Antônio Fernando Pereira Ribeiro, da empresa LogLab Digital. O segundo foi preso em Cuiabá e presta depoimentos à polícia do Mato Grosso. Os mandados de prisão são temporários e deve durar cinco dias.


A PC também esteve na sede da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego), em Goiânia, onde apreendeu computadores de uso de Cacai. Flávio Ramos de Andrade, Joaquim Inácio Guimarães Filho e Ernesto Augusto Eichler também são alvos dos mandados.


Ao Jornal Opção, o presidente da Codego, Hugo Goldfeld, afirmou que ainda não soube de todas as informações sobre o casa, mas disse brevemente que “cada um responde por si”. Segundo o gestor, qualquer outra consideração feita por ele neste momento seria especulação, preferindo esperar para falar quando tiver com as informações integrais.

 

Com Informações do Jornal Opção

Fotos: Divulgação




NOTÍCIAS RELACIONADAS

POLÍCIA Peixe símbolo de pescarias, pintado entra para lista de animais ameaçados de extinção no Brasil Inclusão da espécie é questionada pelo governo de Mato Grosso do Sul, destino popular entre pescadores
POLÍCIA Em Itapaci, empresário é preso suspeito de manter relações sexuais com criança de 11 anos SUSPEITO - Nesta terça-feira (17), a Policia Civil (PCGO) por meio da Delegacia de Policia de Itapaci, cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de empresário do ramo de motéis na cidade de Itapaci pelo crime tipificado no artigo 217-A do CPB.
POLÍCIA Duas pessoas são presas após furto de mais de 1 tonelada de queijo no Assentamento Santa Marta, em Mundo Novo CRIME - A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Nova Crixás, e com o apoio da Regional de Ceres, deflagrou, na terça-feira (26), a Operação Salmoura, com o objetivo de cumprir mandado de prisão temporária e mandados de busca e apreensão domicil
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás