Ir para a Home
Sexta-Feira, 19 de Agosto de 2022

Polícia identifica Hian como único autor do crime contra Danilo



Polícia identifica Hian como único autor do crime contra Danilo

 

 

Padrasto do garoto, Reginaldo Lima, 33 anos, não foi indiciado

 

Em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (10), a Polícia Civil (PC) informou que apenas Hian Alves, de 18 anos, foi indiciado pelo crime de assassinato contra Danilo de Sousa Silva, de 7 anos. O padrasto do garoto, Reginaldo Lima, 33 anos, não foi indiciado.

 

A corporação encerrou o inquérito da investigação da morte do garoto Danilo de Sousa Silva e remeteu o caso ao Judiciário no domingo (9). Segundo exposto, Hian atraiu o Danilo para o matagal, onde ele foi encontrado, prometendo uma pipa ao garoto. Lá ele teria cometido o crime.

 

Vale lembrar que, no dia 31 de julho, o padrasto do menino, Reginaldo Lima, de 33 anos, e o colega dele, Hian Alves, de 18 anos, foram presos. À época, Hian confessou que ajudou o padastro de Danilo a matá-lo em troca de uma moto. Reginaldo, no entanto, negou a participação e disse que se trata de uma armação.

 

Danilo foi encontrado morto em um lamaçal próximo à casa em que vivia com a família, no Parque Santa Rita, em Goiânia. Ele estava desaparecido por quase uma semana. A perícia constatou que o garoto morreu em decorrência de sufocamento.

 

Hian foi indiciado por ocultação de cadáver e homicídio duplamente qualificadoã

 

Fonte. Mais Goiás

Foto: Divulgação




NOTÍCIAS RELACIONADAS

POLÍCIA Peixe símbolo de pescarias, pintado entra para lista de animais ameaçados de extinção no Brasil Inclusão da espécie é questionada pelo governo de Mato Grosso do Sul, destino popular entre pescadores
POLÍCIA Em Itapaci, empresário é preso suspeito de manter relações sexuais com criança de 11 anos SUSPEITO - Nesta terça-feira (17), a Policia Civil (PCGO) por meio da Delegacia de Policia de Itapaci, cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de empresário do ramo de motéis na cidade de Itapaci pelo crime tipificado no artigo 217-A do CPB.
POLÍCIA Duas pessoas são presas após furto de mais de 1 tonelada de queijo no Assentamento Santa Marta, em Mundo Novo CRIME - A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Nova Crixás, e com o apoio da Regional de Ceres, deflagrou, na terça-feira (26), a Operação Salmoura, com o objetivo de cumprir mandado de prisão temporária e mandados de busca e apreensão domicil
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás