Ir para a Home
Sexta-Feira, 19 de Agosto de 2022

G44 Mineração recebe visita do Presidente da Cooperativa Mineral da Bahia



G44 Mineração recebe visita do Presidente da Cooperativa Mineral da Bahia

 

 

Humberto Meneses esteve em Campos Verdes para conhecer de perto o projeto da empresa, especialmente o setor de lapidação das esmeraldas e produção de joias

 

Na manhã do último dia 28 de agosto, sexta-feira, o presidente da Cooperativa Mineral da Bahia – CMB Humberto Alves de Meneses esteve em Campos Verdes numa viagem oficial que teve o objetivo de buscar novos conhecimentos e parcerias para o setor de produção mineral. A CMB, que possui 448 cooperados, tem sede localizada em Serra de Carnaíba, Pindobaçu/BA e é detentora da permissão de lavra garimpeira de uma das maiores jazidas de esmeraldas do mundo, onde 62 minas possuem permissão da CMB para exploração mineral, das quais cerca 30 se encontram em operação no momento, com algumas produzindo. O número está reduzido por conta da pandemia causada pela Covid-19.

 

Acompanhado do assessor de comunicação social Lucivaldo Cunha, o presidente esteve primeiramente no gabinete do prefeito Haroldo Naves, com quem conversou sobre as políticas públicas voltadas para a mineração e, em seguida, seguiu para a G44 Mineração, onde foi recebido pelo gerente de compras da empresa Fidelis Carmo e pelo representante  da empresa Marciel Escobar, que apresentaram todo o espaço do empreendimento ao visitante, incluindo a metalúrgica onde são produzidas as máquinas da oficina de lapidação, escola de lapidação, shaft da mina, entre outros. 

Vale lembrar, que o empreendimento se encontra com um número reduzido de colaboradores, por conta da pandemia.

 

Em entrevista ao núcleo de mídia da G44, Humberto Meneses destacou a grandiosidade do projeto que está sendo implementado em Campos Verdes pela holding empresarial. “Fiquei realmente impressionado por tudo o que vi aqui. Um projeto futurista e inovador que sem sombras de dúvidas será crucial para o desenvolvimento da mineração de esmeraldas em Campos Verdes e região. Vejo que o presidente da empresa Saleem Ahmed, e sua esposa e vice-presidente, Josy Escobar são pessoas visionárias. Um projeto muito aguerrido”, diz Meneses.

 

Questionado sobre a possibilidade de parcerias futuras entre CMB e G44 Mineração, o presidente Humberto disse: “Estou à frente da presidência de uma cooperativa, que atua em um garimpo que tem condições de fornecer a matéria prima para a produção das joias, caso a produção local não seja suficiente, mas quero lembrar que vim aqui representando a diretoria e 448 cooperados da CMB. Volto com muito entusiasmo e vou apresentar aos diretores nossos tudo o que vi, inclusive a utilização do rejeito mineral na produção de artefatos de construção e o projeto de lapidação, que agrega valores a nossa gema. Foi uma visita muito produtiva. O prefeito Haroldo também nos repassou muitas experiências positivas. Tudo será passado pela diretoria. Em outra oportunidade, quando essa pandemia passar, voltaremos com uma comitiva maior e esperamos receber a visita de representantes da empresa em Serra de Carnaíba também. Agradeço a todos pela hospitalidade”, finaliza.




NOTÍCIAS RELACIONADAS

OPORTUNIDADES George Antoine Tarlazis: Um minerador empreendedor movido pelo trabalho, tradição familiar e paixão pelas Esmeraldas de Campos Verdes O nascimento de Campos Verdes, em 1981, ocorreu com a descoberta de uma das maiores jazidas de pedras preciosas de esmeraldas do mundo, e fez nascer no coração de muita gente o sonho e a coragem de encarar o desafio de vencer e crescer junto com uma das m
OPORTUNIDADES Campos Verdes: Esmeraldas fator de Desenvolvimento MINÉRIO - Se existe uma cidade em Goiás que se preocupa com a prosperidade e o desenvolvimento da mineração de esmeraldas, e enfrenta todos os obstáculos desde a década de 80 para promover a maior feira do centro-oeste brasileiro do setor de pedras precio
OPORTUNIDADES Prefeitura de Mozarlândia abre processo seletivo com mais de 150 vagas EMPREGO - A Prefeitura de Mozarlândia abriu um processo seletivo simplificado com 156 vagas para trabalhar na cidade, que fica no noroeste de Goiás. Os salários vão até R$ 1.507,22 e as inscrições podem ser feitas até o dia 3 de junho, pessoalmente na Sec
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás