Ir para a Home
Quinta-Feira, 18 de Julho de 2024

Deputado Estadual Iso Moreira é denunciado por posse ilegal de arma de fogo



Deputado Estadual Iso Moreira é denunciado por posse ilegal de arma de fogo

O Ministério Público de Goiás (MP-GO), por intermédio da Promotoria de Justiça de Alvorada do Norte, ofereceu denúncia criminal contra o deputado estadual Aloísio Moreira dos Santos, o Iso Moreira, por posse ilegal de arma de fogo e receptação. De acordo com o promotor de Justiça Douglas Chegury, no dia 3 de setembro deste ano, durante busca e apreensão na residência do deputado, em Simolândia, autorizada pelo juízo de Alvorada do Norte, na Operação Zaratustra, policiais militares apreenderam um revólver Magnum, calibre 357, com seis munições intactas, que estava escondido no imóvel. Também foi apreendida uma carabina, que pertencia ao caseiro da propriedade.


Segundo Douglas Chegury, o caseiro informou que a arma de fogo pertencia a seu patrão, Iso Moreira. A Polícia Civil em Alvorada do Norte submeteu a arma à perícia e indiciou o deputado. Por se tratar de objeto ilícito adquirido e mantido na casa, o deputado também foi denunciado pelo crime de receptação. 


O promotor de Justiça afirmou que o deputado foi denunciado criminalmente perante o juízo de Alvorada do Norte e não ao Tribunal de Justiça de Goiás, em razão de entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) de que não existe foro por prerrogativa de função quando o crime imputado não é praticado em razão do cargo. Douglas Chegury explicou que, caso seja condenado, o denunciado está sujeito a penas que vão de dois a sete anos de prisão. 


A denúncia não tem relação com os fatos investigados na Operação Zaratustra, a qual se desenvolve no âmbito cível de apuração de atos de improbidade administrativa. 



Fonte: (Edição de texto: Assessoria de Comunicação Social do MP-GO, com informações da Promotoria de Justiça de Alvorada do Norte)

Foto: Divulgação

 



NOTÍCIAS RELACIONADAS

JUSTIÇA Ex-prefeito de Campos Verdes tem bens penhorados para pagar dívidas trabalhistas O ex-prefeito de Campos Verdes, Vilmar José Correa, teve dois imóveis urbanos penhorados em cumprimento de um mandado judicial.
JUSTIÇA Justiça Condena Prefeito Paraíba da Farmácia por Improbidade Administrativa em Nova Crixás O Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) encerrou o caso de improbidade administrativa envolvendo o prefeito de Nova Crixás, Lázaro Valdivino da Silva (Paraíba da Farmácia). O Ministério Público de Goiás (MP-GO) denunciou o prefeito por doar lotes do municíp
JUSTIÇA A pedido do MPGO, empresas contratadas Ilegalmente pelo município de Barro Alto tem bens bloqueados Acolhendo ação proposta pelo Ministério Público de Goiás (MPGO), a Justiça determinou o bloqueio de bens de duas empresas beneficiadas por licitações irregulares, que tinham como objetivo a contratação para oferta de produtos hortifrutigranjeiros destinad
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás