Ir para a Home
Sexta-Feira, 19 de Agosto de 2022

PF apura superfaturamento de até 300% em equipamentos médicos em Crixás



PF apura superfaturamento de até 300% em equipamentos médicos em Crixás

PF apura superfaturamento de até 300% em equipamentos médicos em Crixás

 

Itens usados para combater a covid-19 forma adquiridos com recursos da união. Valores praticados superam em 100% e até 300% valores em média nacional

 

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (3), a Operação Aventura, que tem como objetivo investigar irregularidades na prestação de serviços de Saúde em Crixás, a 325 quilômetros de Goiânia. De acordo com as investigações, empresas de Crixás, Rubiataba, Aparecida de Goiânia e Goiânia podem ter praticado sobrepreço de 100% a 300% em materiais hospitalares voltados ao combate à covid-19. Ao todo 15 mandados de busca e apreensão estão sendo executados nos quatro municípios goianos.

 

De acordo com a Polícia Federal, Crixás recebeu R$ 4 milhões para combater a pandemia, recursos que podem não ter atingido a finalidade, visto que o custo dos aparelhos, controlado pelas mencionadas empresas, ficou acima da médica nacional, indicado pelo Painel de Contratações da Covid-19.

 

Segundo a corporação, a fase da operação desencadeada nesta quinta-feira (3) tem objetivo reunir indícios e provas dos crimes para confrontar os materiais com relatórios de fiscalização da Controladoria Geral da União (CGU), que também participa da operação. Com isso, pretende-se identificar atores e destinação de recursos supostamente desviados.

 

Os crimes investigados são fraude a procedimento licitatórios, dispensa indevida de licitações em procedimentos administrativo, desvio/ apropriação indevida de recursos públicos, corrupções ativa e passiva e associação criminosa.

 

No total, 70 agentes da PF e 10 da CGU conduzem a iniciativa.

 

Fonte: Mais Goiás




NOTÍCIAS RELACIONADAS

POLÍCIA Peixe símbolo de pescarias, pintado entra para lista de animais ameaçados de extinção no Brasil Inclusão da espécie é questionada pelo governo de Mato Grosso do Sul, destino popular entre pescadores
POLÍCIA Em Itapaci, empresário é preso suspeito de manter relações sexuais com criança de 11 anos SUSPEITO - Nesta terça-feira (17), a Policia Civil (PCGO) por meio da Delegacia de Policia de Itapaci, cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de empresário do ramo de motéis na cidade de Itapaci pelo crime tipificado no artigo 217-A do CPB.
POLÍCIA Duas pessoas são presas após furto de mais de 1 tonelada de queijo no Assentamento Santa Marta, em Mundo Novo CRIME - A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Nova Crixás, e com o apoio da Regional de Ceres, deflagrou, na terça-feira (26), a Operação Salmoura, com o objetivo de cumprir mandado de prisão temporária e mandados de busca e apreensão domicil
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás