Ir para a Home
Quarta-Feira, 17 de Agosto de 2022

Transferência de serial killer para cadeia de Nova Crixás leva temor a policiais penais



Transferência de serial killer para cadeia de Nova Crixás leva temor a policiais penais

 

 

Condenado a mais de 660 anos de prisão, Thiago Henrique faz parte dos 1.133 detentos que no sábado passado foram retirados do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia

 

Depois de quatro anos preso no Núcleo de Custódia, em Aparecida de Goiânia, Thiago Henrique Gomes da Rocha, de 32 anos, foi transferido para a cadeia de Nova Crixás, cidade distante 383 quilômetros da Capital. A transferência foi realizada sob sigilo, mas, ao tomarem conhecimento nesta quarta-feira (9), policiais penais demonstraram preocupação com a presença do serial killer naquela unidade.

 

Condenado a 668 anos de prisão por 29 homicídios, Thiago Henrique estava entre os 1133 presos que foram transferidos no sábado (5), do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, para cadeias do interior do estado. Naquela ocasião, o secretário da segurança pública, Rodney Miranda, afirmou que a transferência era necessária para a realização de uma complexa reforma em parte da Penitenciária Coronel Odenir Guimarães (POG). O serial killer, porém, não cumpria pena na POG.

 

Logo que a notícia da transferência de Thiago Henrique se espalhou, vários policiais penais encaminharam mensagens demonstrando preocupação com a mudança para o presidente do sindicato da categoria, Maxsuel Miranda. “É mais do que preocupante, e sem explicação plausível, a transferência de um condenado de tamanha periculosidade, que estava em um presídio de segurança máxima, para uma cadeia pequena, sem estrutura, e sem segurança, como é a de Nova Crixás. Eu prefiro acreditar que nem mesmo o diretor geral sabia dessa transferência, mas ela é apenas um dos vários problemas que aconteceram no último sábado, quando detentos chegaram em cadeias do interior sem qualquer tipo de identificação pessoal”, reclamou.

Fonte: Mais Goiás 




NOTÍCIAS RELACIONADAS

POLÍCIA Peixe símbolo de pescarias, pintado entra para lista de animais ameaçados de extinção no Brasil Inclusão da espécie é questionada pelo governo de Mato Grosso do Sul, destino popular entre pescadores
POLÍCIA Em Itapaci, empresário é preso suspeito de manter relações sexuais com criança de 11 anos SUSPEITO - Nesta terça-feira (17), a Policia Civil (PCGO) por meio da Delegacia de Policia de Itapaci, cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de empresário do ramo de motéis na cidade de Itapaci pelo crime tipificado no artigo 217-A do CPB.
POLÍCIA Duas pessoas são presas após furto de mais de 1 tonelada de queijo no Assentamento Santa Marta, em Mundo Novo CRIME - A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Nova Crixás, e com o apoio da Regional de Ceres, deflagrou, na terça-feira (26), a Operação Salmoura, com o objetivo de cumprir mandado de prisão temporária e mandados de busca e apreensão domicil
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás