Ir para a Home
Quarta-Feira, 17 de Agosto de 2022

“Gato de luz” realizado pela gestão anterior dificulta trabalho da prefeita Karla, em Santa Terezinha



“Gato de luz” realizado pela gestão anterior dificulta trabalho da prefeita Karla, em Santa Terezinha

 

 

O ato criminoso culminou com a aplicação de multas que passam da casa de R$ 56 mil; e a Enel se nega a cadastrar nova unidade consumidora em nome do município sem o devido pagamento da dívida

 

A atual administração do município de Santa Terezinha de Goiás, que tem à sua frente a prefeita Karla Cristina, do MDB, vem trabalhando a contento desde os primeiros dias de governo, mas sempre esbarra em adversidades deixadas pela gestão anterior, o que tem atrapalhado o bom andamento dos trabalhos.

 

 Um dos problemas mais recentes encontrado pela administração foi esclarecido recentemente pelo secretário executivo de indústria e comércio Romualdo Martins de Paula, em um vídeo divulgado nas redes sociais. Trata-se de um gato de energia elétrica praticado pela gestão anterior, o que resultou na aplicação de uma multa salgada pela Enel, empresa concessionária de distribuição de energia no estado.

 

De acordo com o secretário, no vídeo, o valor da multa passa dos R$ 56 mil e, por conta dessa dívida, a Enel se nega a fazer a habilitação de uma unidade consumidora em nome do município, que está pronta para receber o relógio. Esta unidade consumidora fornecerá energia para um poço artesiano que atenderá o novo abrigo dos idosos, casa das crianças e moradores dos Setores São Paulo e Oeste.

 

No vídeo, o secretário lembra que o trabalho está sendo feito, mas, segundo ele, a péssima administração passada tem complicado muito o desenvolvimento, especialmente por conta de dívidas altas que impressionam pelos valores e pela forma que foram contraídas. “Se a gestão atual não pagar as multas dos gatos feitos na gestão passada a comunidade vai ficar sofrendo com a falta de água nesses setores. A prefeita Karla tem mandado o caminhão pipa abastecer o setor com água potável para amenizar os problemas. Já estamos solucionando o problema de água de Tuxelândia e esperamos em breve solucionar esse problema aqui também”, diz Romualdo.

 

“Gato de energia elétrica” ou gato de luz é uma forma de ligação elétrica clandestina destinada a furtar energia elétrica. Segundo a legislação brasileira, é um crime de furto ou de estelionato, dependendo do método que for aplicado. O gato de energia é perigoso, pois pode causar a morte por eletrocussão.




NOTÍCIAS RELACIONADAS

POLÍTICA Prefeita Karla Cristina e comitiva participam da convenção do União Brasil que oficializou Ronaldo Caiado como candidato ELEIÇÕES - Em convenção realizada na tarde desta sexta-feira (05), no CEL da OAB, em Aparecida de Goiânia, a prefeita Karla Moreira juntamente com seu esposo Silas Humberto, vereadores da base apoio, lideranças de Santa Terezinha de Goiás e uma grande com
POLÍTICA FGM Alerta: Municípios devem observar procedimentos para regularização fundiária de ocupação urbana em terras administradas pelo Incra A Instrução Normativa 126 de 2022, dispõe sobre procedimentos para regularização fundiária de ocupação urbana em terras administradas pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) foi publicada. A Federação Goiana de Municípios (FGM) o
POLÍTICA Goiás tem 18 barragens críticas, diz relatório da ANA Levantamento indica preocupação com estruturas em Goiás. Número de alerta aumentou de 2020 para 2021. Fiscalização é reforçada
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás