Ir para a Home
Quarta-Feira, 17 de Agosto de 2022

Prefeitura de Campos Verdes investe em apicultura para aumentar renda no campo



Prefeitura de Campos Verdes investe em apicultura para aumentar renda no campo

Município está produzindo as caixas de abelha localmente e reforçou parceria com o Senar para apoiar desenvolvimento da apicultura


A partir de agora, produtores rurais de Campos Verdes, especialmente os pequenos produtores, poderão encontrar na apicultura uma alternativa para melhorar sua fonte de renda. Essa iniciativa é fruto de uma parceria da Prefeitura de Campos Verdes com o Sindicato Rural e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), por meio de cursos de qualificação do homem e da mulher do campo. Cerca de 14 pessoas estão participando da capacitação que iniciou no mês de agosto de 2021 e estão aprendendo o manejo das abelhas com ferrão, que confere uma maior produtividade do mel devido à vitalidade da espécie além de contar com aulas práticas para intensificar a apicultura em todo o município.

“A prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura, se disponibilizou em custear a logística das caixas de abelha, que são feitas localmente. Além disso, o prefeito Haroldo Naves, nos pediu para dar toda a atenção neste projeto para fortalecer ainda mais a renda do homem do campo que com a apicultura poderá melhorar seus ganhos”, disse o secretário de desenvolvimento econômico Carlos Vaz.

Segundo o prefeito, Haroldo Naves, essa é uma forma de ajudar o pequeno produtor a se especializar nesse tipo de cultivo, além de auxiliá-lo na geração de renda. “Trabalhar com abelha, produzir mel, gera renda, que é semelhante e até superior a bovinocultura. Nós já finalizamos o primeiro curso e já temos uma lista de interessados nessa nova etapa de qualificação de produtores rurais do município e vamos continuar investindo no trabalhador rural para que possamos auxiliá-los na melhoria de sua renda familiar”, disse Naves.

O professor do Senar, Júllio explica, que além da produção de mel, também é possível trabalhar com a geléia real, o própolis, o néctar e outras opções que a apicultura oferece. “O mel, infelizmente não é explorado no Brasil. Por exemplo, é possível se aproveitar as áreas de reserva, que não se pode extrair nada, mas que pode ser utilizado para mexer com abelhas. Com isso, tornaríamos maiores produtores e exportadores de mel. Hoje, perdemos para Argentina, que é menor e produz muito mais que o Brasil”, argumentou Júlio.



NOTÍCIAS RELACIONADAS

OPORTUNIDADES George Antoine Tarlazis: Um minerador empreendedor movido pelo trabalho, tradição familiar e paixão pelas Esmeraldas de Campos Verdes O nascimento de Campos Verdes, em 1981, ocorreu com a descoberta de uma das maiores jazidas de pedras preciosas de esmeraldas do mundo, e fez nascer no coração de muita gente o sonho e a coragem de encarar o desafio de vencer e crescer junto com uma das m
OPORTUNIDADES Campos Verdes: Esmeraldas fator de Desenvolvimento MINÉRIO - Se existe uma cidade em Goiás que se preocupa com a prosperidade e o desenvolvimento da mineração de esmeraldas, e enfrenta todos os obstáculos desde a década de 80 para promover a maior feira do centro-oeste brasileiro do setor de pedras precio
OPORTUNIDADES Prefeitura de Mozarlândia abre processo seletivo com mais de 150 vagas EMPREGO - A Prefeitura de Mozarlândia abriu um processo seletivo simplificado com 156 vagas para trabalhar na cidade, que fica no noroeste de Goiás. Os salários vão até R$ 1.507,22 e as inscrições podem ser feitas até o dia 3 de junho, pessoalmente na Sec
EDIÇÃO IMPRESSA
COLUNISTAS E ARTICULISTAS


EXPEDIENTE
(62) 98310-3817 Redação
(62)99819-1345 Colunas
contato@imprensadocerrado.com.br

Praça Inácio José Campos Qd. 15-S - Centro.
CEP: 76.510-000 - Crixás - Goiás